Açaí Transportes fecha as portas e causa transtornos em Manaus

0
111
Copasa - 728x90


Os rodoviários da Açaí foram informados que a concessão da empresa não havia sido renovada com a Prefeitura de Manaus e que todos seriam indenizados

Funcionários estão apreensivos sobre seus destinos
trabalhistas (Foto: Divulgação)

Manaus – Funcionários da Açaí Transportes foram surpreendidos, nas primeiras horas da manhã de quinta-feira (08/07), ao chegarem na empresa para saírem com os ônibus do transporte coletivo urbano e se depararem com os portões fechados. Com a interdição, 64 ônibus que atendem 13 linhas, a maioria delas atua na Zona Norte da capital e tiveram os serviços suspensos. Os rodoviários da Açaí foram informados que a concessão da empresa não havia sido renovada com a Prefeitura de Manaus e que todos seriam indenizados.

No entanto, nenhum funcionário sabia ao certo o que de fato está acontecendo e se a empresa irá fechar definitivamente as portas. Enquanto isso, usuários do transporte público, que utilizam as linha da Açaí, sofreram transtornos logo nas primeiras horas da manhã devido à falta de circulação dos coletivos. O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários, Givancir Oliveira, esteve no local para acompanhar a situação dos trabalhadores. A Polícia Militar também esteve na frente da garagem da empresa.

“Tudo que eu sei até o momento é que marcaram uma reunião com o sindicato às 17h. Isso deixou a categoria revoltada e é um desrespeito com os trabalhadores e com a população. É um absurdo, pois nunca vi empresário trancar garagem para ninguém trabalhar. Se fosse o sindicato fazendo isso já tinha até tropa de choque, mas como é empresário nada acontece. É o cúmulo do absurdo nem os fiscais da Prefeitura poderem entrar na empresa” – destacou Givancir, presidente do Sindicato dos Rodoviários

O diretor de Transporte do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), Ednaldo Castro, destacou que a Prefeitura de Manaus não medirá esforços para solucionar o problema deixado pela Açaí Transportes e principalmente para não prejudicar os usuários do transporte coletivo.

“Estamos pegando carros reservas, que estavam à disposição em algumas empresas para que a população não fique desprovida do seu direito de ir e vir. Vamos providenciar a solução do problema da empresa junto aos trabalhadores. Estamos há seis meses nessa nova gestão e temos objetivo de ter ônibus de qualidade com prestação de serviço que o usuário seja valorizado. Estaremos fazendo o possível para que nem o usuário e nem os trabalhadores sejam prejudicados” – Ednaldo Castro, diretor do IMMU

Em nota, o Sindicato das Empresas do Transporte de Passageiros do Amazonas (Sinetram) informa que não foi notificado e desconhece o motivo da paralisação iniciada na manhã de quinta-feira (8), nas linhas operadas pela empresa Açaí Transportes. O Sinetram destacou, ainda, que  por meio da Acop está tomando providências cabíveis no sentido de minimizar os transtornos ocorridos e para garantir a operação das referidas linhas.

Açaí – Em nota, a Açaí Transportes Ltda informou que não foi notificada da intenção de paralisação das atividades por parte do Sindicato dos Rodoviários ou de qualquer empregado e lamenta a paralisação realizada nesta quinta e que tomará as medidas cabíveis.

“Conforme a notificação encaminhada ao IMMU na quarta-feira (7) a empresa não possui mais condições de manter a operação no sistema de transporte coletivo urbano de Manaus em virtude do histórico de descumprimento contratual por parte do município, o que gerou imenso e insuportável déficit financeiro ao longo dos quase 10 anos de concessão, estando previsto o encerramento das operações à meia-noite desta sexta-feira (9)”, informa a empresa em nota.

Ainda conforme a nota, a empresa permanecerá ativa e se adaptará a nova realidade e utilizará de sua experiência para explorar outros ramos de atividades ligadas ao transporte a fim de cumprir sua recuperação judicial e quitar todos os seus credores, em especial os trabalhadores. “A empresa possui valores à receber que em curto e médio prazo serão suficientes para superar essa grave crise”, finaliza a nota.

FONTE: https://d.emtempo.com.br/amazonas/313178/acai-transportes-fecha-as-portas-e-causa-transtornos-em-manaus

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui