Polícia Militar faz simulação de atendimento de ocorrência de ataque a agências bancárias em Teófilo Otoni

0
395
PMTO IPTU - 728x90


A Polícia Militar de Minas Gerais, por meio do 19º Batalhão de Teófilo Otoni, desencadeou na terça-feira (30/11), uma simulação de uma ocorrência de ataques a instituições financeiras, arrombamento de caixas eletrônicos, uma modalidade criminosa conhecida como o “novo cangaço”. O comandante do 19º Batalhão, tenente-coronel Muniz disse que o objetivo é massificar os treinamentos dos policiais, os protocolos operacionais da Polícia Militar, para que tenha mais segurança, caso ocorra uma situação real na cidade.

A simulação ocorreu no centro de Teófilo Otoni, a partir das 22h30, com figurantes que fizeram o papel de infratores e portavam réplicas de arma de fogo em ataque a uma agência bancária. A tropa está cada vez mais sendo capacitada para fazer frente a ocorrências de alta complexidade, como essa conhecida como “novo cangaço”. Essas ocorrências envolvem infratores de alta periculosidade e fortemente armados, que invadem cidades ordeiras para subtrair valores de instituições financeiras, estourando caixas eletrônicos e causando o terror em meio à população.

“Nós estamos apresentando para a população a força da Polícia Militar diante desse cenário que a gente vem percebendo que ocorre em outros estados do Brasil. Em Minas, nós temos alguns casos ainda, mas com expressiva redução criminal, graças a esses protocolos de atuação que a polícia tem desenvolvido”, disse o tenente-coronel Muniz. Ele frisa que a polícia está se preparando a cada dia, e a participação popular é extremamente importante. “A população sabe, muitas vezes até melhor que a Polícia Militar, onde estão localizados os problemas”, pontuou. (Fotos: Cedidas por Victor Couy).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui