Campanha Antirrábica Animal 2021

0
152
América


Será realizada, entre os dias 13/09 e 27/10 a campanha de vacinação contra a raiva em cães e gatos acima de 3 meses de idade

O objetivo é vacinar o maior número desses animais, no menor espaço de tempo (máximo 45 dias), atingindo 100% da cobertura vacinal, interrompendo assim o ciclo (urbano) de transmissão da doença, impedindo que o vírus rábico alcance a população.

A Superintendência Regional de Saúde de Teófilo Otoni (SRS-TO) recebeu 141.950 doses da vacina contra raiva para distribuir aos municípios sob sua jurisdição. Como medida de prevenção contra a Covid-19, os locais de vacinação dos animais deverão ser abertos e ventilados, assim como, deverão ser disponibilizadas máscaras cirúrgicas e álcool gel 70%.

A vacina antirrábica é ofertada gratuitamente, basta levar os cães e os gatos nos postos indicados, conforme programação da Secretaria Municipal de Saúde local. Ao vacinar o animal de estimação, seu dono protege também sua família! (Assessoria de Comunicação Social/ SRS de Teófilo Otoni).

A raiva – É uma doença infecciosa viral aguda, que acometem mamíferos, inclusive o homem, e caracteriza-se como uma encefalite progressiva e aguda com letalidade de aproximadamente 100%. É causada pelo Vírus do gênero Lyssavirus, da família Rabhdoviridae. É transmitida ao homem pela saliva de animais infectados, principalmente por meio da mordedura, podendo ser transmitida também pela arranhadura e/ou lambedura desses animais.

O período de incubação é variável entre as espécies, desde dias até anos, com uma média de 45 dias no ser humano, podendo ser mais curto em crianças. O período de incubação está relacionado à localização, extensão e profundidade da mordedura, arranhadura, lambedura ou tipo de contato com a saliva do animal infectado; da proximidade da porta de entrada com o cérebro e troncos nervosos; concentração de partículas virais inoculadas e cepa viral.

Nos cães e gatos, a eliminação de vírus pela saliva ocorre de 2 a 5 dias antes do aparecimento dos sinais clínicos e persiste durante toda a evolução da doença (período de transmissibilidade). A morte do animal acontece, em média, entre 5 e 7 dias após a apresentação dos sintomas. (saúde.gov.br)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui