Homens encapuzados invadem casa dizendo ser polícia e atiram em morador, em Teófilo Otoni

0
197

A vítima foi encaminhada ao hospital Santa Rosália, mas não resistiu e morreu

A Polícia Militar foi acionada com informações de que durante a madrugada de segunda-feira (1º/4), por volta das 2h, vários indivíduos teriam invadido uma residência na rua Júlio Costa, bairro Palmeiras, em Teófilo Otoni, e efetuado diversos disparos de arma de fogo contra um dos moradores. Uma equipe GEPAR foi ao local, onde um familiar da vítima Giovanni Souza da Silva, de 22 anos, disse que estava em sua residência, quando dois indivíduos de roupa preta, usando capuz e touca, pularam o portão ou o muro da casa e se identificaram como polícia, arrombando a porta da sala com chutes.

Disse que, nesse momento Giovanni correu para o banheiro, um dos indivíduos foi atrás e atirou várias vezes contra ele, enquanto o outro indivíduo aguardava no quintal. Após alguns segundos, o atirador saiu, e retornou para a porta do banheiro efetuando mais disparos. O familiar informou ainda que os autores chegaram e fugiram a pé, pois nenhum dos moradores ouviu barulho de carro ou motocicleta. Segundo a PM, a vítima estava recolhida ao presídio local pelo crime de tráfico de drogas e havia sido liberada no dia 5 de fevereiro deste ano, e estava usando tornozeleira eletrônica, que foi atingida e danificada.

Uma equipe do Samu prestou socorro à vítima e conduziu até o hospital Santa Rosália com a escolta da viatura policial. Um perito da Polícia Civil esteve no local e realizou os trabalhos de praxe. Foram encontradas 10 cápsulas deflagradas de calibres 9mm e 380, e 1 cartucho intacto de calibre 9mm. A vítima permaneceu sob cuidados médicos no HSR, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Até o fechamento da ocorrência, a polícia não identificou e prendeu nenhum suspeito de envolvimento no crime.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui