PM Rodoviária prende motorista com arma de fogo de uso restrito e numeração suprimida, dentro de veículo

0
528

Almenara – A Polícia Militar Rodoviária realizava a operação “Narco 2”, no domingo (14/4), em Almenara, quando a equipe abordou um veículo BMW X3, de cor preta, na MG 406, ocupado por três homens. Segundo a PM, em consulta no sistema informatizado um deles possuía passagem por homicídio e outro por receptação e tráfico de drogas.

O motorista disse que levava o veículo da cidade de Florianópolis para Almenara para o seu patrão. Além do prontuário de alguns ocupantes do veículo, durante a fiscalização o condutor demonstrou muito nervosismo, e ele foi indagado se havia algum material ilícito no veículo, tendo ele respondido negativamente, inclusive caso os militares quisessem poderiam procurar.

Ao ser procedida a busca no veículo, foi localizada debaixo do banco do motorista 1 pistola marca Taurus, calibre 9mm, com a numeração suprimida, com um carregador com 13 munições intactas. Os ocupantes foram questionados sobre a propriedade da arma, tendo o condutor assumido ser dele. Disse que era para a sua segurança, e que veio de Florianópolis dirigindo para o proprietário do carro, que estava no banco do passageiro por ser inabilitado. Informou que estaria em Almenara para participar do aniversário da filha.

Constatado crime de porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, o motorista foi preso em flagrante e encaminhado à delegacia, juntamente com a arma apreendida, para os procedimentos de polícia judiciária. “Não vamos conjecturar os reais motivos desses indivíduos em nossa região, mas fato é que dois deles possuem passagens por crimes graves, um por homicídio e outro por tráfico de drogas e receptação, e no carro havia uma arma de uso de restrito, com a numeração suprimida, o que dificulta identificar o seu uso em crimes”, destacou o tenente Reinaldo.

O militar destaca ainda, que se trata de uma excelente ocorrência, pois independente das pretensões deles o armamento foi retirado de circulação, um foi preso e os homens foram devidamente identificados, o que demonstra a importância das operações nas rodovias. E pede à população que não divulgue os locais de operações para evitar que criminosos mudem a rota. “A população pode contribuir denunciando pessoas e veículos suspeitos, através dos telefones 181 (Disque Denúncia) e 190 (Emergência), ou diretamente a um policial da sua confiança. As informações serão mantidas em sigilo e a identidade preservada”. (Informações/Foto: tenente Reinaldo Martins, comandante do 1º Pelotão da 15ª Cia PM Rodoviária).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui