ENTREVISTA: Tarcirlei Marinielo de Brito – Secretário de Planejamento na Prefeitura de Teófilo Otoni

0
715
O administrador, secretário de Planejamento na Prefeitura de Teófilo Otoni, Tarcirlei Marinielo de Brito, 42 anos, concedeu entrevista ao Diário Tribuna, falando dos trabalhos que já vinham sendo feitos, e das suas perspectivas frente à Secretaria que assumiu em janeiro deste ano. Tarcirlei, é também presidente do América Futebol Clube de Teófilo Otoni, Mestre em Administração Pública pela Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), Graduado em Gestão de Cooperativas pela Universidade Federal de Viçosa (UFV), 2009, Pós-Graduado em Gestão Pública e Sociedade com foco em Políticas Públicas de Economia Solidária pela UFT, Universidade Federal do Tocantins, 2012. Para Tarcirlei, a prioridade no momento é a reconstrução da cidade pós-período de chuvas.

Diário Tribuna – Qual o balanço você faz dos trabalhos desenvolvidos na Secretaria de Planejamento em 2022?

Tarcirlei Marinielo de Brito – Nós assumimos a Secretaria no início de janeiro. Ela estava sendo conduzida pelo secretário Márcio, que agora é secretário de Obras. E dentro desse bojo das ações que a secretaria desenvolveu em 2022, muito foi focado na elaboração de projetos, que foram captados pelo prefeito Daniel Sucupira, os recursos que vieram através das emendas parlamentares, junto com os deputados da base parceira. Parte dos esforços da nossa equipe de engenharia, foi também debruçar em cima daquele desastre que teve do Distrito de Brejão, no final de 2021, em decorrência das fortes chuvas acompanhadas de ventanias, que destelhou mais de 80 casas, e 20 casas foram ao chão.

DT – Os recursos já estão garantidos?

TMB – A gente conseguiu captar esse recurso via Defesa Civil. Elaboramos o projeto, e depois de um ano, agora em janeiro, recebemos o comunicado que ele estava liberado R$700 mil para gente reconstruir essas casas de Brejão. Paralelo a isso, a secretaria de Planejamento é responsável pela Divisão de Trânsito, e toda parte de término da implantação de novos semáforos foi feito também em 2022. A revitalização das faixas horizontais nas vias de trânsito. Enfim, uma série de ações que foram promovidas pela Divisão de Trânsito, desde a fiscalização dos automóveis, à gestão das multas que são aplicadas no município. E, a secretaria também é responsável pelo processo de regularização fundiária. Foram entregues quase 120 títulos de regularização fundiária nos bairros São Benedito e Taquara, trabalho que estou continuando este ano, e em breve vamos entregar mais títulos, dessa vez no bairro Paulo Freire e mais uma parte da Taquara. Esses são os setores de responsabilidade da secretaria de Planejamento.

DT – Você falou sobre o desastre ocorrido em Brejão, vale ressaltar também que a cidade que vinha relativamente bonita, ultimamente parece que passou um furacão, a exemplo da cratera em frente ao Fórum. Quando é que serão feitos os reparos?

TMB – Nossa cidade está praticamente derretida. Essas fortes chuvas que caíram, destruíram muitas ruas, caíram muitas encostas. As ocupações irregulares que temos na cidade que não são do nosso governo, e, foi se criando através do tempo, se tornando esses bairros que hoje a gente tem com ocupações irregulares, e muitas vezes não consegue ter um memorando para ter direito a água, luz, e muitos desses bairros tiveram casas que foram ao chão, muitos barrancos caíram por cima das casas. Fora aqueles problemas estruturais que já existem em Teófilo Otoni, criado ao longo dos anos, que são aquelas crateras, que a cada chuva de cada ano aumentam. E chegou num momento que não dá mais pra esperar, temos que fazer acontecer, com ou sem recurso. O prefeito nos reuniu semana passada e falou que “é questão de honra para nós, da prefeitura, resolver os problemas ocasionados por essas últimas chuvas”.

DT – E o que vocês fizeram para resolver esses problemas?

TMB – Nós fomos a Brasília semana passada, fizemos reuniões com o Ministro da Integração e Desenvolvimento Regional, com o Secretário Nacional de Defesa Civil, apresentamos a eles essas ocorrências que tivemos em Teófilo Otoni, e voltamos de lá, após uma reunião com equipe técnica do Ministério, com 12 projetos aprovados, como citei, com R$700 mil liberados para reconstruir as casas de Brejão, e emenda na ordem de R$ 4 milhões, do deputado Leonardo Monteiro. Sobre as obras, uma das aprovadas pela Defesa Civil, é aquela da Avenida Júlio Rodrigues, que teremos que abrir a avenida até o Hospital Philadelfia, refazer a galeria que existe ali. Vamos aumentar aquela galeria para que nas próximas chuvas esse problema não ocorra. O projeto já está pronto, está em fase de licitação, e tão logo a Defesa Civil libere o recurso e caia na conta, a gente espera que seja esta semana, já queremos estar com a licitação pronta, empresa contratada, para iniciar os trabalhos o mais rápido possível.

DT – Já está sendo feito o planejamento sobre as questões de desvios de rotas durante as obras? E mais acima, na entrada do Ministério Público também tem outra cratera.

TMB – Sim, são vários problemas na cidade ocasionados pelas chuvas, por isso é importante a integração das secretarias. Ao longo dos últimos seis anos do mandato do prefeito Daniel Sucupira, nós sempre trabalhamos com integração de secretarias, otimização de recursos, para fazer mais com menos, e fazer com qualidade. E para que aconteçam todas essas obras é fundamental um trabalho da Divisão de Trânsito no planejamento das rotas, dando mais alternativas para os transeuntes e motoristas, e não causarem tanto impacto na rotina deles.

DT – Semana passada o prefeito Sucupira reuniu funcionários da limpeza e secretários para determinação de um mutirão de limpeza na cidade, os trabalhos já começaram?

TMB – É o grande mutirão anunciado que iríamos fazer. E, paralelo ao mutirão de limpeza, as obras que já podem ser iniciadas com equipe própria que já temos na secretaria de Serviços Urbanos, já foram iniciadas. O mutirão está acontecendo de forma concatenada, coordenada e planejada, para que a população que vai ser atendida possa tirar dos seus quintais todos os bens inservíveis, que iremos recolher. Se o barranco desmoronou no fundo da casa, pode tirar a terra e colocar na rua que a prefeitura vai recolher. E os bens servíveis, as cooperativas de materiais recicláveis farão a triagem.

DT – A iluminação pública também é da sua pasta?

TMB – Sim. E com minha chegada no Planejamento, nós criamos a UGEM – Unidade de Gerenciamento Energético Municipal, que faz a gestão de iluminação da cidade. Nós temos 13 mil pontos de iluminação pública, e quando fui secretário de Planejamento pela primeira vez, iniciamos as trocas de lâmpadas de vapor de sódio, vapor de mercúrio, pelas de Led. Os secretários que me sucederam deram continuidade. E, recentemente, suspendemos a compra dessas lâmpadas porque fomos contemplados com o projeto do Governo do Estado “Minas mais Led” que trocou 1.200 lâmpadas. E, nós conseguimos entrar com um pedido de aditivo desse projeto, foi aprovado, e a empresa contratada pelo Estado vai voltar a Teófilo Otoni para instalar um quantitativo maior de lâmpadas de led, que traz economia para os cofres públicos e mais segurança para o transeunte.

DT – Tem programação para realizar outras ações ainda para este ano?

TMB – Temos várias ações, e temos os compromissos que o prefeito Daniel fez na campanha para reeleição, que a gente tem que entregar. Um deles é um tema bem falado pela população, que é a nova rodoviária. Está no bojo da secretaria de Planejamento, elaborar esse projeto, ver como implementá-lo, e entregar para a população.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui