Equipes especiais da Polícia Civil de Minas Gerais realizam operações em Teófilo Otoni

0
264

A Polícia Civil de Minas Gerais, por meio da Delegacia Regional de Teófilo Otoni, está desencadeando uma série de operações em vários pontos da cidade, no combate à criminalidade, com apoio de equipes especializadas de Belo Horizonte, como a Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (DRACO) e a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). São equipes qualificadas, vinculadas ao Departamento Estadual de Operações Especiais (DEOESP), para atuarem no combate a facções criminosas.

As ações pontuais tiveram início na noite de terça-feira (2/7), se estendendo por toda a madrugada de quarta-feira (3), na zona norte da cidade, especialmente no bairro Bela Vista. As equipes estão ocupando as ruas com o chamado “trabalho de ocupação”, fazendo abordagens, checando informações, buscas em alguns terrenos e outros locais, segundo a polícia, onde criminosos costumam esconder drogas e armas de fogo, monitorando territórios. Na manhã de quarta-feira (3), o Superintendente de Investigação e Polícia Judiciária, delegado-geral. Dr. Júlio Wilke, chegou a Teófilo Otoni, para coordenar os trabalhos.

Dr. Júlio Wilke se reuniu com as equipes, como faz a polícia judiciária, foram planejadas as ações, e a cidade amanheceu nesta quinta-feira (4), com o helicóptero “Carcará” sobrevoando vários bairros, diversas equipes em campo, num trabalho de ocupação, cumprimento de mandados judiciais, dando a resposta que a população tanto ansiava. Teófilo Otoni tem passado por momentos atípicos, tensos, com moradores relatando disparos de arma de fogo praticamente todos os dias, em bairros diversos, e homicídios ocorrendo a qualquer hora, maioria em via pública.

A Polícia Civil destaca que as operações objetivam combater o tráfico de drogas e desarticular facções criminosas, que vêm se enfrentando nos últimos meses. E essa operação é resultado de investigações que já duram mais de seis meses. O Delegado Regional de Teófilo Otoni, Dr. Amaury Tomaz Tenório de Albuquerque afirma que a Polícia Civil vai continuar combatendo o avanço das facções, e que a determinação de Belo Horizonte (chefia estadual) é que as equipes estejam nas ruas, em confronto, para tentar evitar que facções se estabeleçam na cidade. O Dr. Amaury afirma que essas operações vão se repetir durante o ano todo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui